"Devaneio de um sonhador!"

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Apanha os meus sonhos em suas teias
Escorre-se o néctar da vida,
no fio mais ténue com sua essência
Sonhos reais, personificados
num peito de quem não se retira,
que se atira de cabeça.
Rouba-nos do mundo de hipnos.
Faz da realidade, instigante,
provocante, uma esfinge e seu enigma
Decifra-me ou te devoro?!
Reverberando a verdadeira volúpia.
Guardada a sete chaves,
na mente de um cálido sonhador!

Guilherme Diogo Rodrigues.

6 comentários:

Ed disse...

sem comentários, esse é muito bom !

Fláh. disse...

Lindo hein Gui *-*



Gosteii muitoo.
Não dá pra destacar somente um trecho. Gostei de tudo. De cada verso.

Meu favorito também, de novo Haha =D

Parabéns, Beiiijos *-*

Rafaela disse...

Que honra, fui a primeira a ler essa obra, apesar de não ter sido a primeira a comentar também *-*

Temos mesmo que nos atirar de cabeça em nossos sonhos e em tudo em que acreditamos...

Gostei muito desse também Gui...
Você conseguiu mesclar o sonho, com a realidade, prazer e até mitologia em poucas linhas...

Parabéns de novo, de novo, de novo e de novo...rs *

Ericka disse...

Olokooo amoor

se superou nesse heeim..!!

poema perfeitooo!!!

adooooro...heehe

cada dia melhooor...vou te entrevistar amoor rsrs

beijoooos!!!

Erickinhaaa disse...

MOooor sabe qual é o enigma da esfingeee??
hehehe

Beijooos

MaRy disse...

sem palavras

Postar um comentário

Obrigado por ser um Pensador Livre!!!!!!