"O Grito do Silencio."

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Surdamente, o silente
Num ponto da madrugada,
Sozinho com os pensamentos,
Torna audível o mais leve dos
........................[Sussuros.
Expõe o pinga pinga de uma
.................[ Torneira solitária.
Brada o suspiro sufocante.
Comprimindo o peito
Esganando nossos gargalos
É um grito silencioso preso
..................[na garrafa...



Guilherme Diogo Rodrigues.


Para Ericka Moraes.

3 comentários:

Ericka disse...

Sem palavras!

Sensacional!!!

muito obrigada =)

Rafaela disse...

Gostei do titulo: O grito do silêncio...
Mesmo com todo silêncio, nunca se está no sossego total!

"Torna audível o mais leve dos sussuros.
Expõe o pinga pinga de uma torneira solitária."

São coisas que realmente são percebidas apenas no silêncio!

Gosteiii *-*

Mary disse...

\o/ Contradiçao pura dessa vez! Muito bem trabalhado o paradoxo grito/silencio.

Beeijos.

Postar um comentário

Obrigado por ser um Pensador Livre!!!!!!